BLOG

Dicas para se adaptar aos óculos de grau

Afinal de contas, seus óculos novos são elegantes e ficam perfeitos, mas você ainda não consegue enxergar com nitidez. Esses problemas de visão possuem muitas causas diferentes. Existem muitas razões diferentes que explicam o porquê de você estar passando por isso. Normalmente, o problema se resolve por si mesmo e você pode voltar a seu oftalmologista para pedir ajuda.

Sempre que se adquire um par de óculos de uma marca nova que nunca se usou antes, é necessário se acostumar a ele. Algumas pessoas precisam de apenas alguns dias para se acostumar, ao passo que outras podem precisar de até duas semanas.

Assim, é absolutamente normal se você só consegue ver o aro da armação na primeira vez que coloca seus óculos. A razão para tanto, recai no centro visual do cérebro. Ele primeiro precisa se adaptar as grandes mudanças. Isso também afeta as pessoas que receberam lentes prescritas com um grau diferente de antes ou que escolheram uma nova armação ou um tipo diferente de óculos.

Portanto, é importante continuar usando o óculos constantemente para que seus olhos se ajustem a eles.

Depois de finalmente adquirirem os óculos, o centro de visão do cérebro precisa se adaptar às novas condições pela primeira vez. Apesar de tudo, isso acontece muito rapidamente. Praticamente todos os usuários de óculos se perguntam por que não fizeram isso antes. Em geral, um exame de vista a cada dois anos é recomendado para as pessoas que já usam óculos.

Lentes progressivas ou multifocais

No caso de óculos com lentes progressivas ou multifocais, que facilitam uma visão nítida em todas as distâncias. Isso possibilita ver cada detalhe com clareza, de perto e de longe, sem saltos na imagem.

O período de familiarização pode levar até três semanas. Durante esse período, você deve usar seus óculos o tempo todo. A familiarização é especialmente difícil para pessoas mais idosas, se as diferenças entre as faixas de perto e de longe forem grandes. Nesses casos, o período de familiarização pode levar até três semanas.

Se tiver problemas, comece usando seus óculos apenas quando estiver sentado. Vá se adaptando lentamente a suas novas progressivas usando-as, então, quando você se movimenta durante o dia, por exemplo, para subir escadas, dirigir ou praticar esportes. Claro que a qualidade das lentes é de suma importância. Para consultas e ajuda, sempre procure seu oftalmologista.

O que pouca gente sabe é que, além da pressão sanguínea e da frequência cardíaca, a visão também pode ser gravemente afetada pelo stress excessivo. Frequentemente, quanto mais estressado a pessoa estiver, mais prejudicada a visão será.

Quando estiver pronto para adquirir um novo par de óculos, vá ao oftalmologista para fazer os exames o mais relaxado possível. Se você estiver estressado, os resultados de seus exames podem não ser precisos.

Alguns medicamentos também podem prejudicar a visão. Se você estiver tomando algum medicamento, pergunte a seu médico se pode ser esse o caso.

Caso ainda não esteja satisfeito e sua impressão visual não estiver melhorando, peça para seu oftalmologista verificar novamente as especificações: Certifique-se que o grau das lentes é o mesmo da prescrição e que as lentes estão centradas.

Consulte um especialista se os sintomas piorarem, ou não melhorarem com o tempo. O especialista pode tirar todas as dúvidas.

 

Ricardo Matsumoto

Atua no ramo de óticas à mais de 23 anos, sendo Sócio/ Proprietário das Óticas Matsumoto desde 1992.

Graduado em Administrações de Empresas, pela Universidade do Norte Paraná (UNOPAR), de Londrina/PR em 2003.

Possui o curso de Técnico ótico, pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), em Londrina-PR

Nas Óticas Matsumoto, você encontra lentes com proteção anti-reflexo, há mais de 20 anos vendendo produtos de qualidade e procedência. Visite-nos em uma de nossas 7 lojas. A Matsumoto conta também com uma estrutura de alta tecnologia, aparelhos de ponta e laboratório próprio, tudo para oferecer o que há de melhor em lentes de contato, solares e de grau.

Redação Óticas Matsumoto/ David Camargo